Burundi: Tiroteio entre elementos do exército ( Vídeo )

(Euronews.com)
(Euronews.com)
(Euronews.com)

É impossível saber quem controla o Burundi.

Após um general iniciar um golpe de Estado contra o presidente Pierre Nkurunziza, combates intensos irromperam esta quinta-feira entre apoiantes do golpe e tropas fiéis ao presidente, que ocupam o complexo da rádio e televisão públicas.

Entretanto o chefe das forças armadas anunciou que “a tentativa de golpe do general Godefroid Niyombare foi travada”, o que foi imediatamente negado pela oposição.

O Presidente Nkurunziza que se deslocou à Tanzânia para uma cimeira de chefes de Estado da Comunidade da África Ocidental, regressou ao Burundi, mas como o aeroporto de Bujumbura e as fronteiras terrestres estavam encerradas, terá regressado a Dar es Salaam.

Durante a cimeira o presidente da Tanzânia, Jakaya Kikwete, condenou o golpe e apelou ao regresso à ordem constitucional.

Desde 26 abril que se têm realizado vários protestos contra a recandidatura do presidente Pierre Nkurunziza a um terceiro mandato, que a oposição diz ser inconstitucional.
As legislativas estão marcadas para 26 de maio e as presidenciais para 26 de junho.

Os violentos protestos já provocaram 20 mortos. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA