Blatter segue na presidência da FIFA graças a desistência do príncipe Ali da Jordânia

(REUTERS)
(REUTERS)
(REUTERS)

Ninguém conseguiu os 140 votos necessários para ser eleito presidente da FIFA, mas poucos momentos depois o príncipe Ali da Jordânia desistiu da corrida entregando de bandeja a Sepp Blatter um 5.º mandato à frente da FIFA.

Na primeira volta desta votação que concentra mais atenções mediáticas do que nunca, Sepp Blatter recolheu 133 votos contra 73 para o único adversário o príncipe Ali Bin al Hussein, da Jordânia, vice-presidente da confederação asiática de futebol.

Não tendo sido alcançada a maioria de dois terços dos votos necessária para eleger o presidente do organismo que gere o futebol mundial, seria necessária uma segunda volta para tentar resolver o impasse. No entanto, momentos depois do anúncio do resultado da primeira votação, o príncipe Ali abandonava a corrida.

Blatter precisava de obter mais 7 votos para conquistar um 5.º mandato à frente da FIFA. Resta agora saber se o suíço, que nunca foi directamente implicado em nenhum escândalo, terá condições e capacidade para levar este mandato de 4 anos até ao fim. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA