Bié: Defendida construção de mais infra-estruturas desportivas nas escolas

Edilson Watunga - Administrador em exercício do Cuito (Foto: LEONARDO CASTRO)
Edilson Watunga - Administrador em exercício do Cuito (Foto: LEONARDO CASTRO)
Edilson Watunga – Administrador em exercício do Cuito (Foto: LEONARDO CASTRO)

Os membros da primeira conferência da administração municipal do Cuito sobre o estado do desporto defenderam terça-feira, na cidade do Cuito (Bié), a construção de novas infra-estruturas desportivas em todas instituições de ensino, com vista a massificar o desporto no seio das populações.

De acordo com o comunicado final do evento, existe a necessidade de se melhorar o material desportivo e de apoio à docência nos cursos de educação física e desportos, requalificação dos professores e a melhoria das condições técnicas dos campos já existentes.

Defenderam ainda a necessidade de se elaborar projectos de integração para o desenvolvimento do desporto na região, que possa diferenciar entre o desporto de recreação e de alto rendimento.

Os participantes na primeira conferência municipal recomendaram de igual modo a criação de uma associação de técnicos e professores de educação física para manter o controlo dos profissionais daquele ramo.

Convidado a encerrar o certame, o administrador em exercício do Cuito, Edilson Watunga, enalteceu o contributo de todos os intervenientes, frisando que a administração tomou boa nota de todas as preocupações e vai procurar resolver da melhor maneira todas as necessidades.

Edilson Watunga admitiu ainda haver necessidade de mais campos desportivos, para garantir a massificação do desporto nas diversas modalidades.

Assegurou que no quadro da distribuição de terrenos para a auto construção, a administração local está a reservar também espaços para edificação de campos desportivos.

Participaram no evento directores das escolas sedeadas no Cuito, coordenadores das actividades extra-escolares, representantes de partidos políticos, estudantes universitários e sociedade civil no geral. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA