Benguela: CDA analisa programa de acção e regulamento das sanções da OMA

Militantes da OMA (Foto: Lino Guimarães)
Militantes da OMA (Foto: Lino Guimarães)
Militantes da OMA (Foto: Lino Guimarães)

O programa de acção, estatutos, regimento das comissões de disciplina e auditoria da Organização da Mulher Angolana (OMA), em Benguela, está desde hoje, sexta-feira em análise, na segunda reunião metodológica da comissão de disciplina e auditoria do comité Provincial da organização feminina do MPLA.

De acordo com a Secretária para a Informação da OMA, Maria do Carmo Cambovo, durante dois dias as participantes vão reflectir igualmente questões de natureza disciplinar, como as sanções e a instrução de processos as militantes e a informação sobre o trabalho desenvolvido pelos comités municipais das comissões de disciplina e auditoria.

Afirmou que, o evento que conta com a presença da secretaria provincial , Leonor Joaquim Fundanga, e de quadros do MPLA decorre sob o lema” mulher angolana- unida pela igualdade e desenvolvimento.

Segundo a responsável, o II encontro metodológico da comissão de disciplina e autoria do Comité Provincial, visa essencialmente a transmissão das orientações saídas em Fevereiro último, no II encontro nacional da OMA que decorreu em Luanda.

Para a dirigente da OMA, o encontro visa ainda reforçar a capacidade organizativa e funcional das comissões de disciplina e autoria dos comités municipais e respectivos coordenadores com ferramentas de forma a garantir o melhor funcionamento do sector.

Considerou fundamental que se proceda a avaliação do grau de cumprimento das deliberações dos estatutos e do programa da organização por município”, “disciplina partidária, sobre auditoria partidária”.

A OMA na província de Benguela conta com 182 mil membros, enquadradas em 5.156 secções de base. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA