Bélgica acolhe conferência internacional sobre RCA

(D.R)

Uma conferência internacional sobre a República Centroafricana (RCA) realizou-se terça-feira última em Bruxelas, sob a co-presidência da Presidente centroafricana, Cathérine Samba-Panza, e de Fédérica Moghérini, alta representante da União Europeia (UE)  para a Política Externa e Segurança Comum, constatou a PANA no local.

(D.R)
(D.R)

Várias delegações de alto nível participaram nos trabalhos, incluindo ministros dos Negócios Estrangeiros dos países da África Central, governantes francês e alemão encarregue do Desenvolvimento, bem como delegações da União Africana (UA) e do Fundo Monetário Internacional (FMI).
No seu discurso, a alta Representante da UE sublinhou que, depois do êxito do Fórum para a Reconciliação Nacional organizado em Bangui, a capital centroafricana, a UE reafirmou a sua vontade de ajudar o povo centroafricano “a encontrar o caminho de recomeço, da estabilidade e do desenvolvimento”.

Anunciou que a UE decidiu aumentar a sua ajuda à RCA de 72 milhões de euros, dos quais 40 milhões destinados a um apoio orçamental e dez milhões à ajuda humanitária.

Além disso, Mogherini anunciou que o Fundo Bekou (que significa esperança em sango, dialeto centroafricano), criado em julho de 2014 pela França, pela Alemanha e pelos Países Baixos, para apoiar a RCA, vai beneficiar dum complemento de 22 milhões de euros.

Dotado de 74 milhões de euros, o Fundo Fiduciário Békou tem como objetivo apoiar medidas que combinam intervenções de caráter humanitário com programas de reconstrução e desenvolvimento a médio prazo. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA