Autoridades: Ataque a hospedaria de Cabul mata 14, incluindo sete estrangeiros

(Foto: Lusa)

Um ataque noturno dos talibãs afegãos contra uma hospedaria de Cabul frequentada por estrangeiros causou 14 mortos, incluindo quatro indianos, um norte-americano, um italiano e um anglo-afegão, anunciaram hoje as autoridades.

(Foto: Lusa)
(Foto: Lusa)

Pelo menos um atacante, cujo corpo foi encontrado pela polícia, fechou-se durante sete horas com várias dezenas de pessoas feitas reféns na residência Park Palace, no centro de Cabul, onde se realizava um concerto de música afegã. A polícia anunciou cerca das 02:00 locais (22:30 em Lisboa) o fim do ataque.

A polícia de Cabul e a missão da ONU no Afeganistão deram contra de 14 mortos, todos civis, e a morte dos sete estrangeiros referidos foi confirmada pelas autoridades dos diferentes países.

Entre as restantes sete vítimas mortais, poderão encontrar-se outros expatriados, além de afegãos.

A polícia de Cabul informou ainda ter socorrido 54 pessoas durante a noite de quarta-feira para hoje.

O ataque foi reivindicado pela rede Haqqani, aliada dos talibãs afegãos, cuja zona de influência se estende ao longo da fronteira com o Paquistão.

“Preparámos (este ataque) durante dois meses e vamos continuar a fazer este tipo de ataques”, disse à agência France Presse um comandante da rede Haqqani.

O adjunto do chefe da polícia Sayed Gul Agha Rohani indicou que o ataque tinha sido realizado por três homens, mas o seu superior disse que só um foi identificado até ao momento.

O novo ataque insere-se num contexto de combates quase diários entre as forças governamentais e os rebeldes talibãs, que lançaram no mês passado a sua ofensiva da primavera. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA