Após cirurgia e 5 dias internado, Pelé recebe alta de hospital em São Paulo

Pelé recebeu alta neste sábado (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Pelé recebeu alta neste sábado (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Pelé recebeu alta neste sábado (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Após cinco dias internado no Hospital Albert Einstein, Pelé recebeu alta neste sábado e deixou o local às 18h30, sem conceder entrevista. O ex-jogador foi submetido a uma cirurgia para o tratamento de uma hiperplasia na próstata na terça-feira.

O diagnóstico, segundo os médicos, apontou que o problema era benigno, sem incidência de tumores. O procedimento foi realizado para evitar que Pelé sofresse novamente uma infecção urinária, o que ocorreu no ano passado, quando ele ficou 15 dias internado.

Poucos dias antes de ganhar alta, o Rei do Futebol foi submetido a uma ressecção transuretral da próstata, procedimento que consiste na remoção parcial ou total da próstata. A operação foi necessária porque os médicos detectaram um crescimento do órgão, algo considerado normal na idade dele. Especialistas estimam que o crescimento da próstata atinge cerca de 25% dos homens entre 40 e 49 anos. Esse número alcança 80% na faixa entre 70 e 79 anos. Pelé tem 74 anos.

Os médicos já haviam adiantado que a alta de Pelé estava prevista para este sábado, quando o curto boletim médico que apenas confirmou a saída do ex-atleta do hospital trouxe também uma foto do mesmo sorrindo e acenando com a mão direita ao lado de sua namorada, Márcia Aoki.

Essa foi a segunda internação de Pelé em menos de seis meses. Em dezembro, ele passou 16 dias no mesmo hospital em razão de uma infecção urinária, que se agravou para um quadro inflamatório no corpo inteiro. Ele precisou ser levado à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde permaneceu por seis dias. Foi o maior susto que Pelé deu a seus fãs até hoje. (diariodolitoral.com.br)

por Estadão Conteúdo

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA