União Europeia financia projectos de cooperativas agrícolas na Huíla e Huambo

Huíla: Campo agrícola na província da Huíla (Foto: Morais Silva)
Huíla: Campo agrícola na província da Huíla (Foto: Morais Silva)
Huíla: Campo agrícola na província da Huíla (Foto: Morais Silva)

A União Europeia (UE) disponibilizou, este ano, 999 mil e 665 euros destinados a implementação de um projecto social denominado (Ekolisso) que visa fortalecer as capacidades organizativas e produtivas de 24 cooperativas de camponeses nas províncias da Huíla e Huambo.

A informação foi prestada nesta sexta-feira à Angop, no Lubango, pelo director da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) na região sul, Simeone Justino Chiculo, tendo referido que o projecto vai durar cinco anos e durante este período o objectivo é melhorar a articulação e concertação entre camponeses e instituições do estado ao nível local.

Reforçou que o objectivo é ver aumentada a capacidade produtiva e comercial a mais de três mil e 13 associações de camponeses dos municípios de Caluquembe (Huíla) e Caála (Huambo) e desta forma ajudar o executivo no combate à pobreza.

“Pretende-se, igualmente, com este projecto ver reforçadas as capacidades do grupo alvo, da equipa técnica da ADRA e instituições do estado ao nível da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA), Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF, Serviços de Veterinária e alguns membros das administrações locais no projecto em gestão participativa, pesquisa, monitoramento, avaliação, sistematização da informação e advocacia social”, disse.

Sublinhou que este factor permitirá uma multiplicidade de diálogo e a concertação para o desenvolvimento sustentável em Angola. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA