Turistas espanhóis, alemães, italianos e polacos morrem em ataque na Tunísia

Primeiro ministro da Tunísia Habib Essid (Foto: FETHI BELAID/AFP)
Primeiro ministro da Tunísia Habib Essid (Foto: FETHI BELAID/AFP)
Primeiro ministro da Tunísia Habib Essid (Foto: FETHI BELAID/AFP)

Dezessete turistas polacos, italianos, alemães e espanhóis foram mortos nesta quarta-feira no ataque ao Museu do Bardo, em Túnis, por homens armados, anunciou o primeiro-ministro Habib Essid.

“São 19 mortos, sendo 17 de nacionalidades polaca, italiana, alemã e espanhola”, afirmou à imprensa. (afp.com)

DEIXE UMA RESPOSTA