Samakuva indignado com acusações de massacres feitos pela Unita

Isaías Samakuva (VOA)
Isaías Samakuva (VOA)
Isaías Samakuva (VOA)

O presidente  da Unita Isaías Samakuva reafirmou o empenho do seu partido no processo de reconciliação nacional, mas mostrou-se indignado com acusações feitas de alegados massacres cometidos pelo seu partido.

Ele ameaçou revelar o local de valas comuns com vitimas de massacres cometidos pelas tropas do MPLA durante a guerra civil.

Samakuva disse conhecer lugares onde o MPLA dizimou milhares de angolanos e disse que poderá revelar esses locais.

“O partido no poder conta histórias de massacres que terão sido feitos pela Unita mas a Unita ainda não falou”, disse o líder do galo negro.

“Nos conhecemos aldeias inteiras dizimadas pelo regime e sabemos onde estão”, aclarou, afirmando saber de locais também onde homens foram separados das mulheres, “metralhados e atirados para valas comuns”

Isaías Samakuva garantiu, no entanto, que o seu partido está empenhado no processo de reconciliação nacional e por isso “ainda não convém falar”. (voa.com)

por Manuel José

DEIXE UMA RESPOSTA