Saída de cena do antigo Presidente de Moçambique suscita reacções

O antigo Presidente de Moçambique Armando Guebuza renunciou ontem à chefia da Frelimo. (frelimo.org.mz)
O antigo Presidente de Moçambique Armando Guebuza renunciou ontem à chefia da Frelimo. (frelimo.org.mz)
O antigo Presidente de Moçambique Armando Guebuza renunciou ontem à chefia da Frelimo.
(frelimo.org.mz)

O fim ontem da quarta sessão ordinária do comité central da Frelimo marcado pela demissão do antigo Presidente Armando Guebuza do seu cargo de líder do partido e a passagem de testemunho ao actual chefe do Estado Filipe Nyusi, eleito com mais de 98% dos votos, não deixou de suscitar reacções nomeadamente no seio da oposição assim como na sociedade civil.

O líder da Renamo, maior partido da oposição moçambicana, Afonso Dhlakama, afirmou que a eleição de Filipe Nyusi na chefia da Frelimo vai melhorar o diálogo político em construção entre as duas maiores forças do país.
“A renúncia de Guebuza abre espaço e condições para que a Renamo e o governo possam levar a bom termo o diálogo político em curso”, declarou o líder da Renamo, enquanto por outro lado, o economista moçambicano Ragendra de Sousa considerava que a demissão de Armando Guebuza “é um bom sinal para os investidores”.  (rfi.fr)

Mais pormenores com Orfeu Lisboa. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA