Rússia: França deverá devolver dinheiro do Mistral em qualquer caso

(© AP Photo/ Laetitia Notarianni)
(© AP Photo/ Laetitia Notarianni)
(© AP Photo/ Laetitia Notarianni)

A Rússia tomará uma decisão final sobre o porta-helicópteros Mistral até o final de Abril, disse à agência russa RIA Novosti o presidente da Rosoboronexport, Anatoly Isaikin.

Ele observou que a França, em qualquer caso, deverá devolver à Rússia o dinheiro dos navios Mistrais, ou seja, a indemnização por quebra de contrato. Mas, na opinião dele, a França vai sofrer o maior dano da perda da sua imagem se não cumprir as suas obrigações.

A Rosoboronexport e os estaleiros navais franceses DCNS assinaram o contrato para a construção de dois porta-helicópteros em Junho de 2011. O valor do contrato é 1,2 bilhões de euros. “Ainda temos tempo para negociar e encontrar um compromisso. Vamos esperar a decisão até final de Maio”, disse Isaikin.

A França deveria ter entregado o primeiro navio de desembarque Vladivostok em14 Novembro de 2014. O segundo navio deverá ser entregado até o final de 2015.

Mais cedo o presidente francês, François Hollande, disse que decidiu suspender a entrega do primeiro dos navios (Vladivostok) por causa da situação na Ucrânia. Por sua vez, a Rússia declarou que está à espera do navio ou da restituição do dinheiro. (sputniknews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA