Petro de Luanda e Cáala antecipam abertura da sétima jornada do Girabola2015

Girabola2015: Jogo do Petro de Luanda (Foto: Angop)
Girabola2015: Jogo do Petro de Luanda (Foto: Angop)
Girabola2015: Jogo do Petro de Luanda (Foto: Angop)

O Petro Atlético de Luanda e o Recreativo da Cáala do Huambo jogam nesta terça-feira na abertura antecipada da sétima jornada do Campeonato Nacional de futebol sénior masculino (Girabola2015), em partida a disputar-se no Estádio 11 de Novembro.

Os dois conjuntos defrontam-se mais cedo em função do envolvimento da equipa do “catetão” nas Afrotaças, em que defronta no próximo sábado a formação do Royal Leopards da Suazilândia, na segunda mão das eliminatórias de acesso à fase de grupos da Taça CAF.

Neste desafio da sétima jornada, os anfitriões, sexto colocados com oito pontos e que vêm de um empate diante do Benfica de Luanda (1-1), terão pela frente um adversário que ainda não venceu nem perdeu nesta competição. Tem seis pontos fruto de seis empates, o último (1-1) frente o Sporting de Cabinda na ronda anterior, e ocupa o 13º posto, com seis pontos.

Os caalenses vão estrear o seu novo técnico Hélder Teixeira, que substituiu Arsénio Túbia, um tónico que pode inspirar os planáuticos para a sua primeira vitória no campeonato.

Ainda na antecipação desta jornada, o líder Interclube, com 12 pontos, recebe no 22 de Junho o Benfica de Luanda, quinto com oito pontos. Os encarnados da capital vão defrontar no domingo, no 11 de Novembro, o Etoile du Sahel da Tunísia, a contar também para a segunda mão da Taça CAF.

Os polícias vêm de dois empates consecutivos, frente o ASA (1-1) e Progresso da Lunda Sul (1-1) e tentarão em casa conquistar os três pontos e continuar na liderança, ao passo que os benfiquistas tudo farão para contrariar o factor casa do adversário e não deixar “fugir” os seus mais directos concorrentes aos lugares cimeiros.

O grosso das partidas acontece no sábado, com destaque para o Progresso do Sambizanga e o 1º de Agosto, um dos “derby” mais antigo da capital.

Curiosamente os dois conjuntos ocupam as duas últimas posições, com quatro pontos, e cada um vai querer vencer para subir na tabela classificativa. Na ronda anterior os contendores alcançaram a sua primeira vitória no Girabola, sendo que os militares derrotaram o Domant FC por 2-0, ao passo que os sambilas suplantaram em Benguela a Académica do Lobito por 1-0.

Em Cabinda o Sporting local recebe o campeão nacional Recreativo do Libolo (segundo com 10 pontos), que vem moralizado em função da vitória, em Calulo, ante o Sagrada Esperança da Lunda Norte, por 2- 0. Os leões da província mais ao norte de Angola somam seis pontos na 12ª posição.

No Dundo, o Sagrada Esperança (14º com 5pts) recepciona a Académica do Lobito, décimo, com seis pontos.

No último jogo do dia, o FC Bravos do Maquis (9º com 7 pts) recebe, no estádio Mundunduleno, o Desportivo da Huíla (11º com 6 pts). Os maquisardes vêm de uma derrota frente o ASA, por 0-1, já os huilanos impuseram em Luanda empate a um golo com o Kabuscorp do Palanca.

Para domingo está reservado apenas o desafio entre Atlético Sport Aviação (ASA) e Progresso da Lunda Sul. Os aviadores estão em quarto, com nove pontos, e os lundas encontram-se no oitavo lugar, com sete.

Fica adiado sine-die a partida entre o Domant FC e Kabuscorp do Palanca, em virtude do envolvimento dos actuais vice-campeões nas eliminatórias de acesso à fase de grupos da liga dos clubes campeões africanos, em que defronta no sábado, no estádio dos Coqueiros, o Al Merrikh do Sudão para a segunda mão. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA