Papa diz que mundo que marginaliza mulheres é “estéril”

Papa Francisco (DR)
Papa Francisco (DR)
Papa Francisco (DR)

Cidade do Vaticano – O papa Francisco destacou neste domingo, Dia Internacional da Mulher, a importância da presença das mulheres nas sociedades actuais e afirmou que um mundo no qual elas são marginalizadas “é um mundo estéril”.
Durante seu pronunciamento depois da oração do Ângelus, o pontífice disse que este 8 de Março representa a “ocasião para ressaltar a importância das mulheres e a necessidade de sua presença na vida”.
“Um mundo no qual as mulheres são marginalizadas é um mundo estéril, porque as mulheres não só dão a vida (…), mas têm a capacidade de entender o mundo com outros olhos e de sentir as coisas com coração mais criativo, mais paciente e mais mole”, ressaltou Francisco em discurso na sacada do Palácio Apostólico do Vaticano.
O papa dedicou uma especial “saudação a todas as mulheres que a cada dia buscam construir uma sociedade mais humana e acolhedora” e expressou seu agradecimento “àquelas que, de diferentes modos, testemunham o Evangelho e trabalham na Igreja”. (EFE)

DEIXE UMA RESPOSTA