Obama sob pressão do Congresso para enviar armas para a Ucrânia (vídeo)

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

A Câmara dos representantes norte-americana aumenta a pressão sobre Barack Obama para que envie equipamento militar para a Ucrânia.

Uma resolução aprovada na noite de segunda-feira, em Washington, com o apoio de republicanos e democratas, pede ao presidente norte-americano que deixe de atrasar a decisão de enviar armas para apoiar o governo de Kiev na luta contra os separatistas no leste do país.

Para a deputada republicana da Florida,Ileana Ros-Lehtinen:
“Infelizmente para os ucranianos e para a segurança internacional, o presidente Obama escolheu a inação como atitude. Mas o que está em jogo não é apenas o destino da Ucrânia mas a resposta a um ataque injustificado contra um país pacífico”.

Os Estados Unidos tinham já anunciado no início do mês o envio de drones militares e assistência não letal ao exército ucraniano.

A pressão sobre a administração norte-americana ocorre quando os deputados britânicos pressionam igualmente o governo de Londres a rearmar-se face à Rússia.

No leste da Ucrânia, o cessar-fogo em vigor desde fevereiro não conseguiu pôr fim a confrontos esporádicos.

Os responsáveis russos, ucranianos, alemães e franceses reúnem-se amanhã em Paris para discutir o mecanismo de verificação da trégua, afastando a possibilidade de uma solução militar para o conflito. (euronews.com)

DEIXE UMA RESPOSTA