Manuel Augusto nos debates abertos do Conselho de Segurança

Manuel Augusto sercretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores (Foto: Lino Guimaraes)
Manuel Augusto sercretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores (Foto: Lino Guimaraes)
Manuel Augusto sercretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores (Foto: Lino Guimaraes)

O Secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Domingos Augusto, chefia a delagação de Angola nos debates abertos do Conselho de Segurança sobre “As Crianças e os Conflitos” e “A Protecção das Minorias no Médio Oriente”, a realizarem-se, respectivamente, nestas quarta e sexta-feira, em Nova Iorque.

No primeiro tema, o Conselho vai debruçar-se sobre os principais problemas das crianças nas zonas de conflitos, com realce para o rapto, abusos sexuais, assassinatos, recrutamento e utilização delas como combatentes por grupos extremistas armados não estatais, em clara violação do direito internacional humanitario e dos direitos humanos.

A reunião vai aflorar vias de como os estados podem exercer pressão sobre esses grupos, com vista a prevenir o recrutamento e o uso de crianças, assegurar e apoiar a sua libertação dos grupos armados, acabar com todas as formas de violência cmetidas contra elas e facilitar a sua reintegração na sociedade.

Na sexta-feira, Manuel Augusto, cuja delegação integra o Representante Permanente angolano nas Nações Unidas, Embaixador Ismael Gaspar Martins, participa num debate de nível ministerial sobre as vítimas de ataques e abusos por motivos étnicos ou religiosos no Médio Oriente.

A Sessão será dirigida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros da França (presidente do CS neste mês), Laurent Fabius, e acontece na sequência dos recentes ataques contra cristãos no Médio Oriente, como o rapto pessoas pertencentes à religião na Síria, a destruição de locais cristãos e a morte de 21 coptas egípcios por um grupo terrorista na Líbia.

O chefe da delagação angolana, que integra igualmente vários diplomatas, chegou ao princípio da noite desta terça-feira à Nova Iorque, para participar nesses debates. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA