Luanda: Mais de mil residências inundadas em Viana

Chuva causa danos em Luanda (Foto: Angop/Arquivo)
 Chuva causa danos em Luanda (Foto: Angop/Arquivo)

Chuva causa danos em Luanda (Foto: Angop/Arquivo)

Mil e 770 residências encontram-se inundadas na Vila Nova, Campalanca, Km 12, Mulenvos, Caop A e B, no Municipio de Viana, em Luanda, por causa das chuvas que se abateram, segunda-feira, nesta cidade.

Segundo o vice-governador provincial para a área Técnica, Agostinho da Silva, que se encontra a coordenar o posto de comando de Luanda, criado hoje, no bairro do Zango, em viana, para analisar os danos das chuvas, as ruas da Cometa, Regedoria ao lado da Vila Chinesa, encontram-se intransitáveis, tendo salientado que cerca de 300 residências encontram-se inundadas.

O responsável adiantou que estão a ser feitos levantamentos de todos os dados preliminares dos municípios de Viana e Cacuaco e serão apresentados nos próximos tempos.

O vice-governador para a área Técnica adiantou que foram entregues alguns meios nos municípios como camiões para sucussão e motobombas de quatro mil litros por minuto, meios rolantes como 15 camiões basculantes, pás carregadores, entre outros.

.Acrescentou que os dados estão a ser recolhidos pelas comissões municipais de protecção civil, coordenadas pelas administrações municipais, ao dar a conhecer que as áreas mais críticas são viana, Belas e Cazenga.

Nas estradas do Patriota e da Camama, os automobilistas enfrentam longas filas por causa das águas estagnadas e lamas.

Neste momento, o Posto de Comando, coordenado pelo vice- governador para a área Técnica, Agostinho da Silva e pelo comandante provincial de Protecção Civil e Bombeiros, José Caculo, encontra-se reunido com os administradores municipais para traçar as formas de actuação e criar estratégias para se encontrar solução e dar resposta a esta situação que se está a viver nesta época chuvosa. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA