Luanda perde peso no PIP pelo terceiro ano consecutivo

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

O peso da capital no Programa de Investimentos Públicos passa de 44,8% em 2012 para somente 23,3% neste ano, sugerindo uma melhor distribuição de verbas para combater as assimetrias regionais.

A fatia do Programa de Investimentos Públicos destinada a Luanda vai emagrecer 10,9 pontos percentuais (pp), de 34,2% em 2014 para 23,3% no ano corrente, a terceira baixa em três anos, de acordo com cálculos do Expansão.

Desde 2012, a fatia da província que alberga a capital angolana no PIP caiu 21,5 pp, de 44,8% do total no OGE 2012 para 23,3% no OGE 2015 Revisto. As contas do Expansão baseiam-se no Orçamento Geral do Estado (OGE) 2015 Revisto recentemente aprovado na Assembleia Nacional, que aponta para um PIP de 598,3 mil milhões Kz, e no OGE 2014 aprovado pela Assembleia Nacional, que previa um PIP de 1.375,0 mil milhões Kz.

No OGE 2015 Revisto, o Executivo estima que a execução do PIP de 2014 não ultrapassará 959,2 mil milhões Kz. Comparando o OGE 2015 Revisto com o OGE 2014, o PIP cai 56,5%. Comparando o OGE 2015 Revisto com a execução prevista para 2014 o PIP recua apenas 37,6%. (expansao.ao)

Continue a ler esta notícia disponível na edição impressa.

DEIXE UMA RESPOSTA