Irão classifica discurso de Netanyahu nos EUA de “espectáculo” e “propaganda”

Marzieh Afkham (mehrnews.com)
Marzieh Afkham  (mehrnews.com)
Marzieh Afkham (mehrnews.com)

O Irão qualificou de “um espectáculo cheio de enganos” o discurso pronunciado nesta terça-feira em Washington pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, perante o Congresso dos Estados Unidos.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irão, Marzieh Afkham, disse que “as declarações de ‘iranofobia’ de Netanyahu são parte da propaganda eleitoral dos extremistas de Tel Aviv”, informou a agência estatal iraniana de notícias “Irna”.

Para Afkham, o discurso do chefe do governo israelita é uma “demonstração de fraqueza” e do “isolamento dos grupos radicais”.

Netanyahu advertiu hoje os Estados Unidos das consequências que, segundo sua opinião, podem acarretar “um acordo muito ruim” com o Irão sobre seu programa nuclear e insistiu que Teerão sempre será “um inimigo” para os dois países.

O primeiro-ministro alertou aos legisladores que o povo judeu sofre “outra tentativa de destruição” por parte do governo iraniano, enquanto as potências do Grupo 5+1 (Estados Unidos, China, Rússia, França e Reino Unido, mais a Alemanha) se sentam com ele para negociar um acordo.

Por sua vez, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que não escutou o discurso e se recusou a encontrar Netanyahu dada a proximidade das eleições gerais em Israel – previstas para o próximo dia 17 de Março -, considerou que o chefe do governo israelita não ofereceu “alternativas viáveis” ao diálogo com o Irão. (EFE)

 

DEIXE UMA RESPOSTA