Inauguração da nova sede do BCE é marcada por violentos confrontos

(Foto: Michael Probst / AP)
(Foto: Michael Probst / AP)
(Foto: Michael Probst / AP)

Grupos de manifestantes protagonizaram nesta quarta-feira violentos confrontos com o poderoso esquema de segurança preparado na cidade alemã de Frankfurt para a inauguração da nova sede do Banco Central Europeu (BCE).

(Foto: Michael Probst / AP)
(Foto: Michael Probst / AP)

Os manifestantes, alguns deles encapuzados, enfrentaram os policiais a pedradas e incendiaram contentores de lixo no centro da capital financeira alemã.

Por sua vez, as forças de segurança fizeram uso de canhões de água para tentar conter os grupos de jovens que, desde a madrugada passada, tinham iniciado as acções de protesto que surpreenderam à polícia por sua virulência.

Pelo menos um policial ficou ferido, segundo as primeiras informações oficiais, assim como uma manifestante.

O grupo anticapitalista Blockupy tinha convocado para hoje uma jornada de protesto, coincidindo com a inauguração da sede do BCE.

“Em 18 de Março de 2015 o BCE quer inaugurar formalmente de forma pacífica seu novo quartel-general em Frankfurt. Não há nada que celebrar em uma política de economia e empobrecimento!”, afirmou o Blockupy no dia anterior à cerimónia.

O grupo anticapitalista calculava que pelo menos 10.000 pessoas, chegadas de toda Europa, se juntariam hoje a sua jornada de protestos.

Por sua vez, as autoridades de Frankfurt tinham organizado um forte contingente policial para proteger as imediações do edifício, assim como outros pontos potencialmente vulneráveis na cidade.

O presidente do BCE, Mario Draghi, inaugurará oficialmente a nova sede por volta das 10h (horário local, 7h de Brasília), em um ato do qual participarão os dirigentes dos bancos centrais dos países da zona do euro. (EFE)

DEIXE UMA RESPOSTA