Huíla: Recenseados mais de 100 jovens na Chibia

Jovens afluem positivamente ao recenseamento militar (Foto: Arquivo/Angop)
Jovens afluem positivamente ao recenseamento militar (Foto: Arquivo/Angop)
Jovens afluem positivamente ao recenseamento militar (Foto: Arquivo/Angop)

No município da Chibia, na Huíla, 187 jovens do sexo masculino, nascidos entre 1996 e 1997, participaram do recenseamento militar realizado nos meses de Janeiro e Fevereiro, no âmbito deste processo que decorreu em todo os país.

Os números foram avançados hoje (sábado) à Angop pela directora dos Registo daquela circunscrição, Aida Soka, referindo que 80 porcento dos cadastrados pertencem a Vila Sede, ao passo que os restantes dizem respeito as comunas de Capunda Cavilongo, Quihita e Jau.

Considerou que o número de candidatos ao cumprimento do serviço militar obrigatório registados naquela localidade está aquém do real, em função de muitos terem ficado impedidos de o fazer por falta de documentos de identificação pessoal, como a Cédula Pessoal e o Bilhete de Identidade.

A par desta dificuldade, apontou a demora na assinatura dos processos, a nível do Distrito de Recrutamento e Mobilização (DRM) das FAA, na cidade do Lubango, tendo em conta que os candidatos a futuros militares tinham necessidade do mesmo para diversos fins, principalmente o académico.

Apesar disto, a responsável considerou positivo o processo, já que foi possível recensear 70 porcento do previsto, augurando um número mais elevado em 2016, numa altura em que em 2014 foram anotados 252 mancebos.

A Chibia situa-se a 42 quilómetros a Sul do Lubango e conta com uma população estimada em 181 mil e 431 habitantes. A localidade tem na agro-pecuária a sua principal forma de subsistência. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA