Huíla: Quadros actualizam conhecimentos sobre métodos de combate a malária

Pacientes na Maternidade do Lubango (Foto: Morais Silva)
Pacientes na Maternidade do Lubango (Foto: Morais Silva)
Pacientes na Maternidade do Lubango (Foto: Morais Silva)

Médicos, enfermeiros e outros técnicos de saúde dos 14 municípios da província da Huíla estão a ser capacitados, desde quarta-feira, em matérias sobre os novos métodos de diagnóstico e tratamento da malária, como medida de travar o crescente gráfico de mortes pela doença.

Segundo o coordenador do programa de combate à malária da ONG World Learning, Severino Meia, que com parceria do Departamento de Saúde Pública, promove estas acções de formação, o programa contempla a formação e supervisão do trabalho dos técnicos de saúde.

Fez saber que na formação são passadas matérias sobre a componente de informação, comunicação e sensibilização de programas de saúde, para incentivar as comunidades a adoptarem comportamentos saudáveis e de prevenção para o controlo da doença.

Acrescentou que este programa contempla ainda a promoção de palestras sobre os métodos preventivos, com foco em autoridades tradicionais, religiosas e líderes de bairros.

Em 2014, na província da Huíla, as autoridades sanitárias registaram 649 óbitos por malária, mais 498 em relação a 2013, de um universo de 159 mil e 993 casos diagnosticados. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA