Huíla: Fomento agro-pecuário apresenta-se crucial a diversificação da economia

Huila: Álvaro Fernandes - Director-geral da Cooperativas de Criadores de Gado do Sul de Angola (Foto: Morais Silva)
Huila: Álvaro Fernandes - Director-geral da Cooperativas de Criadores de Gado do Sul de Angola (Foto: Morais Silva)
Huila: Álvaro Fernandes – Director-geral da Cooperativas de Criadores de Gado do Sul de Angola (Foto: Morais Silva)

O director-geral da Cooperativa de Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGA), na Huíla, Álvaro Fernandes, admitiu hoje (sexta-feira) ser crucial a aposta na pecuário e agricultura, tendo em vista a diversificação da economia do país.

Em declarações à Angop, o responsável destacou a necessidade de continuar a apostar no sector pecuário, como sendo um sector de geração de empregos, riqueza, alimentos e combate à pobreza.

Considerou que Angola tem uma população ganadeira aceitável para gerar riqueza nacional, mas é preciso que se criem infra-estruturas de apoio ao sector.

“Estamos numa região com características próprias para a criação de gado, mas isso só não basta, é necessário que haja uma maior aposta na pecuária, por formas que se possa disponibilizar carne, leite e outros derivados em qualidade e quantidade”, disse.

Sublinhou que a pecuária é um dos sectores chaves para potenciar a riqueza do país e, para alavancar a economia, por isso já é tempo de olhar para outros métodos de reprodução, que a Huíla vai já experimentando há alguns anos.

A Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGSA) criado em 2004 controla cerca de 61 filiados. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA