Huambo: Combate às doenças negligenciadas será intensificado

Frederico Juliana - Director Provincial da Saúde (Foto: Edilson Domingos)
Frederico Juliana - Director Provincial da Saúde (Foto: Edilson Domingos)
Frederico Juliana – Director Provincial da Saúde (Foto: Edilson Domingos)

As acções que visam combater as doenças tropicais negligenciadas, entre elas a geohelmintíases e shistosomíase, vão ser intensificadas este ano, na província do Huambo, para impedir que mais crianças sejam infectadas pelas mesmas.

O facto foi manifestado terça-feira, nesta região, pelo director local da Saúde, Frederico Juliana, no encerramento da reunião de apresentação dos resultados do mapeamento epidemiológico das doenças negligencias e da campanha de desparasitação massiva com parazinquantel, realizada em 2014.

Disse que maior atenção será dada nas comunidades rurais, onde a geohelmintíases e shistosomíase têm concorrido para o fraco aproveitamento escolar das crianças, além de retardar o desenvolvimento cognitivo, o crescimento físico e motor dos menores de idade.

Referiu, na sua intervenção, que o combate dessas doenças, que matam de forma silenciosa, não deve ser apenas responsabilidade do governo, através da direcção da saúde, tem que ser comparticipado com todas as forças vivas da sociedade, evitando a contaminação das águas dos rios e das cacimbas onde a população retira água para o seu consumo.

O director da saúde informou que o programa de água, saneamento, higine e educação, apresentado hoje, tem que ser extensivo para toda as instituições escolares desta província, para permitir divulgar as formas de contágio e de prevenção contra as doenças negligenciadas.

Em 2014 a direcção da Saúde na província do Huambo desparasitou, contra a shistosomíase, 353 mil e 765 alunos com idades compreendidas entre os 5 e 18 anos, de um total de 473 mil e 855 previstos. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA