Huambo: ADRA implementa projectos sustentáveis no meio rural

Directora da ADRA, Maria de La-Salete Morgado (Foto: VALENTINO YEQUENHA)
Directora da ADRA, Maria de La-Salete Morgado (Foto: VALENTINO YEQUENHA)
Directora da ADRA, Maria de La-Salete Morgado (Foto: VALENTINO YEQUENHA)

Quatro projectos de desenvolvimento sustentável estão a ser executados na província do Huambo, este ano, pela Acção de Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA).

Os mesmos, segundo disse hoje, terça-feira, à Angop, a directora na ADRA no Huambo, Maria de La-Salete Morgado, têm por finalidade promover a inclusão social no meio rural, estando a ser implementados nos municípios do Bailundo, Caála e Longonjo.

Informou que entre os quatro projectos constam dois de reforço organizacional e os restantes de apoio ao funcionamento de cooperativas camponesas.

Maria de La-Salete Morgado informou que a ADRA conta, para o efeito, com o apoio financeiro da União Europeia, da cooperação Sueca e do Banco BAI.

Deu a conhecer estar em forja mais dois projectos, a serem executados nas comunas do Cuima e Catata, no município da Caála, sobre direitos fundiários das comunidades, reforço organizativo e produtivo das associações e cooperativas de camponeses.

A ADRA, de acordo com a responsável, continua a apostar no desenvolvimento do meio rural, através da execução de projectos de auto-sustentabilidade, para combater as assimétrias entre as comunidades rurais e urbanas.

Disse que esta Organização Não Governamental tem realizado, paralelamente com as instituições locais do Estado, trabalhos de empoderamento que proporcionem uma relação entre as cooperativas e as instituições governamentais. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA