Huambo: Administração do Longonjo cria comissão de recolha de donativos para as vitimas do Lobito

Cenário da chuva no Lobito (Foto: José Honório)
Cenário da chuva no Lobito (Foto: José Honório)
Cenário da chuva no Lobito (Foto: José Honório)

Uma comissão encarregue de recolher donativos para às famílias que perderam os seus bens no município do Lobito, província de Benguela, em consequência de fortes chuvas, foi criada hoje, quarta-feira, pela administração do município do Longonjo.

A decisão da criação desta comissão foi tomada durante a 1ª sessão extraordinária da administração local, na terça-feira, tendo, na ocasião, o administrador do Longonjo, António Caviendi, apelado a população a colaborar, oferecendo bens alimentares não perecíveis e vestuário.

Explicou que além da recolha, a comissão também tem a missão de sensibilizar os munícipes a prestarem a sua solidariedade para com os sinistrados do Lobito, alguns dos quais naturais desta localidade.

O coordenador da comissão, Eurico Manuel Ferreira de Brito, informou que os interessados em oferecer algum produto deverão dirigir-se ao clube municipal, à direcção da escola do II ciclo do ensino secundário e ao centro de formação feminina. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA