Huambo: Administração da Caála projecta expansão de energia eléctrica

UMA DAS RUAS DA CIDADE DA CAÁLA (Foto: Edilson Domingos)
UMA DAS RUAS DA CIDADE DA CAÁLA (Foto: Edilson Domingos)
UMA DAS RUAS DA CIDADE DA CAÁLA (Foto: Edilson Domingos)

A Administração Municipal da Caála tem em carteira, para este ano, um projecto de expansão da energia eléctrica aos bairros da circunscrição, de modo a aumentar o número de beneficiários.

A informação foi avançada, hoje, terça-feira, pelo chefe de Repartição de Energia e Água da Administração do município da Caála, Tomás de Jesus, em declarações à Angop, tendo referido que actualmente apenas quatro mil e 858 habitantes, dos 259 mil e 283 consomem energia elétrica.

Frisou que estão, para o efeito, cadastrados vinte e três bairros sem energia elétrica, cujo processo de instalação vai arrancar brevemente com a segunda fase de expansão do projecto da barragem do Ngove.

Disse que em alguns bairros, está prevista a instalação de grupos geradores com capacidade de 500 kvas.

“Queremos trabalhar para assistir toda a população e estimular o desenvolvimento socioeconómico nas comunidades do município da Caála”, asseverou.

Informou que em 2014, foram reabilitados cinco sistemas de iluminação pública na cidade da Caála, que custou aos cofres de Estado 13 milhões de kwanzas.

Detalhou que o sistema abrangiu as ruas Avenida de Portugal, Norton de Matos, Teixeira Gomes, Fundadores da Caála e 28 de Maio, zonas consideradas académicas e com maior circulação de pessoas e bens durante o período nocturno. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA