EUA: Hillary Clinton lidera pesquisas para eleições presidenciais de 2016

Hillary Clinton (GETTY IMAGES)
Hillary Clinton (GETTY IMAGES)
Hillary Clinton (GETTY IMAGES)

A ex-secretária de Estado Hillary Clinton lidera com vantagem confortável a lista de possíveis candidatos às eleições presidenciais de 2016, segundo uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela emissora “CNN”.

Diante da pergunta sobre em quem votariam se Hillary fosse a candidata presidencial democrata em 2016, 55% dos entrevistados afirmaram que votariam nela, contra 40% que optaram pelo ex-governador da Florida, Jeb Bush, outros 40% que disseram preferir o governador de Nova Jersey, Chris Christie, e 42% que optaram pelo senador Marco Rubio, da Florida.

O possível candidato republicano que se encontra mais próximo da ex-primeira-dama é o senador Rand Paul, cujas intenções de voto estão 11 pontos percentuais atrás das de Hillary.

Hillary Clinton também não tem adversário entre a lista de possíveis candidatos nas eleições primárias democratas, com uma vantagem de quase 50% sobre o actual vice-presidente, Joe Biden, (62% frente a 15%) e de mais de 10% sobre a senadora Elizabeth Warren.

A pesquisa também considera a possibilidade de que Elizabeth, que descartou concorrer às primárias para a candidatura democrata, não seja uma adversária na disputa, algo que beneficiaria Hillary com um aumento do apoio.

Entre os democratas, 68% consideram que as possibilidades do partido conseguir eleger novamente o inquilino da Casa Branca são mais altas com Hillary, contra 30% que acreditam que seria melhor disputar as eleições com outro candidato.

Em termos gerais, a opinião favorável a Hillary caiu levemente ao passar de 59% para 53%, mas sua imagem continua sendo melhor avaliada que a de Biden (43%), de Jeb Bush (31%), de Paul (31%), de Christie (25%) e de Rubio (25%).

A pesquisa foi realizada com mil entrevistados entre os dias 13 e 15 de Março, por isso, já leva em consideração a polémica sobre o uso de uma conta particular de e-mail por parte da ex-primeira-dama quando era titular do Departamento de Estado.

Nenhum dos possíveis candidatos listados no levantamento declarou abertamente sua intenção de concorrer à presidência dos Estados Unidos nas eleições de Novembro de 2016. (EFE)

DEIXE UMA RESPOSTA