Estadista angolano destaca progressos alcançados pela República do Congo

Presidente José Eduardo dos Santos, discursa na visita de Denis Sassou N'guesso, do Congo Brazzaville (Foto: F. Miúdo)
Presidente José Eduardo dos Santos, discursa na visita de Denis Sassou N'guesso, do Congo Brazzaville (Foto: F. Miúdo)
Presidente José Eduardo dos Santos, discursa na visita de Denis Sassou N’guesso, do Congo Brazzaville (Foto: F. Miúdo)

O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, congratulou-se hoje, terça-feira, em Luanda, com os resultados positivos que a República do Congo tem conhecido sob a liderança do Presidente Denis Sassou N’guesso.

Dentre estes resultados positivos, o Presidente angolano, que discursava diante do seu homólogo Denis Sassou Nguesso na cerimónia de abertura das conversações oficiais entre delegações dos dois países, destacou o índice de crescimento económico, o que propicia melhores perspectivas de vida e bem-estar para o povo.

“A consolidação do vosso desenvolvimento e sistema democrático constituem também um contributo valioso para a paz e estabilidade regional e sub-regional”, precisou José Eduardo dos Santos.

De igual modo, felicitou o seu homólogo do Congo pelo papel desempenhado na mediação entre as partes do conflito na RCA, que visa criar um quadro favorável ao restabelecimento da paz e reconciliação.

O estadista angolano garantiu total apoio de Angola no cumprimento desta missão, tendo salientado que na “verdade, Angola e a República do Congo têm o dever moral, por razões históricas, de desenvolver todos os esforços ao seu alcance para que o continente africano, de um modo geral, entre numa era de paz, estabilidade, progresso e bem-estar dos seus povos”.

“Desejamos continuar a trabalhar juntos neste sentido, ao mesmo tempo que desejamos a cooperação económica, científica e cultural no plano bilateral”, ressaltou o Presidente José Eduardo dos Santos.

Ainda hoje, no cumprimento do seu programa de visita, o Presidente Denis Sassou N’guesso vai proferir um discurso no Parlamento angolano.

Após término desta magna sessão no parlamento, Denis Sassou N’guesso regressa ao Palácio Presidencial, onde com o seu homólogo vão testemunhar a assinaturas de acordos entre ambos os países nos domínios da defesa, transportes fluvial e marítimo, do comércio transfronteiriço e da supressão de vistos nos passaportes diplomáticos e de serviço.

No meio da tarde, o líder congolês parte para a província de Benguela, litoral, onde vai cumprir um programa local com destaque para visitas às instalações da Empresa Sonamet, Caminhos-de-Ferro de Benguela e ao terminal mineiro do Lobito. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA