Envenenado cão de juiz Carlos Alexandre

O juiz, Carlos Alexandre. (Foto: D.R.)
O juiz, Carlos Alexandre. (Foto: D.R.)
O juiz, Carlos Alexandre.
(Foto: D.R.)

O cão de Carlos Alexandre, juiz que ordenou a prisão de José Sócrates, foi envenenado, lê-se na revista Sábado.

Bart, o cão que lhe tinha sido oferecido pelo procurador João de Melo, foi envenenado com remédio para ratos há duas semanas. O animal acabou por morrer uma semana após ter ingerido o veneno.

Ao longo dos últimos 10 anos, Carlos Alexandre foi ameaçado, “temeu até ser agredido dentro das instalações” da Polícia Judiciária Militar e viu a sua casa ser invadida. Isto porque o juiz tinha decidido pôr sob escuta o chefe de gabinete de Paulo Portas – que na altura era ministro da Defesa Nacional – por causa de um negócio que envolvia a compra de material militar.

Para além disso, a sua mulher Felisbela foi alvo de duas tentativas de atropelamento numa passadeira, explica a Sábado. (sol.ao)

 

DEIXE UMA RESPOSTA