Corte egípcia pede pena de morte para líder da Irmandade Muçulmana e outros 13

(breitbart.com)
(breitbart.com)
(breitbart.com)

Um tribunal egípcio está buscando a pena de morte para o principal líder da Irmandade Muçulmana, Mohamed Badie, e outras 13 pessoas, disseram fontes judiciais nesta segunda-feira.

O tribunal designou o caso formalmente ao Grand Mufti do Egipto, o primeiro passo no sentido de impor uma sentença de morte, já que as autoridades continuam a repressão aos islamitas.

A agência de notícias estatal Mena disse que, nos processos enviados ao mufti, a máxima autoridade sunita do Egipto, as 14 pessoas foram acusadas de atacar o Estado, espalhando o caos, e tentativa de incêndio contra delegacias, igrejas e outras propriedades.

por Ali Abdelatti

DEIXE UMA RESPOSTA