Bié: Primeiro secretário do MPLA quer militância activa nos CAP

Alvaro Manuel Boavida Neto- primeiro secretario provincial do MPLA no Bié (Foto: Leonardo Castro)
Alvaro Manuel Boavida Neto- primeiro secretario provincial do MPLA no Bié (Foto: Leonardo Castro)
Alvaro Manuel Boavida Neto- primeiro secretario provincial do MPLA no Bié (Foto: Leonardo Castro)

O primeiro secretário do MPLA no Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto, apelou nesta sexta-feira, para a necessidade do reforço da militância activa nos Comités de Acção (CAP) com vista a fortalecer a acção do partido e contribuírem para o bem-estar das populações.

Falando na abertura da XIII sessão ordinária do Comité Provincial do MPLA, que visou analisar as actividades desenvolvidas em 2014 e perspectivar outras, realçou a necessidade dos militantes redobrarem esforços para o partido se torne mais forte, coeso e interactivo nas acções comunitárias.

Pediu ainda o reforço da convicção política no seio dos militantes, que exige tempo, racionalização, sistematização permanente de ideias e firmeza para o alcance dos objectivos.

Realçou ser imperioso o reforço da relação entre as estruturas de direcção com as bases e a par disso os militantes, simpatizantes e amigos do partido estarem informados e esclarecidos sobre a implementação dos programas do Governo em prol das populações.

Por outro lado, segundo o político dever-se-á prestar igualmente atenção especial ao processo de crescimento do partido, primando pela qualidade e quantidade, o reforço da vigilância nas estruturas de base, com intuito de dinamizar, cada vez mais, a organização partidária nesta parcela do país.

Apelou aos membros do MPLA no sentido de inculcar nos militantes o respeito à diferença, liberdade de reunião, de manifestação, respeitando essencialmente as leis do país, com base na constituição da República de Angola.

Ainda na cerimónia de abertura, o primeiro secretário do MPLA no Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto, relembrou que desde a independência o partido sempre lutou para encontrar soluções dos problemas que afligem as populações.

Sob lema: Revitalizar as estruturas para fortalecer o partido, os participantes estão a debater temas relacionados com a análise, discussão e aprovação do relatório da comissão executiva da XIII reunião ordinária do comité provincial do MPLA na região.

O balanço do grau de cumprimento do plano geral do partido de 2014, apreciação do relatório da comissão de disciplina e auditoria, apreciação do projecto do plano geral de actividades do partido para 2015, análise, discussão e aprovação do cronograma de actividade do partido para o quadrimestre Abril/Julho de 2015, estão também em agenda.

Os membros do comité provincial do partido MPLA no Bié, estão ser igualmente informados sobre o relatório de balanço do programa municipalizado de combate à fome e pobreza de 2014, relatório de balanço do programa de investimentos públicos do ano trasacto e as acções executadas.

O encontro passa ainda em revista o estado de desenvolvimento do programa habitacional de 200 fogos e do projecto Kora-Angola, bem como a situação actual da educação na província do Bié. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA