Bié: Governo constrói mais de 900 furos de água potável na Província

Carlos Ulombe da Silva - Vice-governador para a esfera Política e Social do Bié (Foto: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO)
Carlos Ulombe da Silva - Vice-governador para a esfera Política e Social do Bié (Foto: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO)
Carlos Ulombe da Silva – Vice-governador para a esfera Política e Social do Bié (Foto: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO)

Mais de novecentos furos de água potável foram construídos nos últimos quatro anos na província do Bié, afirmou, na cidade do Cuito, o vice-governador para a esfera Política e Social, Carlos Ulombe Esperança da Silva.

Falando a imprensa local, à margem do Dia Mundial da Água e Desenvolvimento Sustentável, que se assinala hoje (domingo), em todo o mundo, adiantou que, os furos de água foram construídos essencialmente nas zonas rurais em todo território da Província do Bié.

Segundo o governante, o Governo do Bié, atingiu mais de 50 porcento de cobertura no fornecimento de água potável a população, nas zonas rurais.

Carlos Ulombe Esperança da Silva assegurou ainda que, o seu governo vai continuar a trabalhar no sentido de garantir o abastecimento racional e de qualidade de água potável as populações, com a construção de novos sistemas em áreas ainda não cobertas.

O Governo, segundo o responsável, tem um cronograma que visa o aumento da capacidade de produção, conservação e distribuição de água potável nas comunidades, com vista a corresponder com o crescimento de infraestruturas sociais e habitacionais na província.

Assinala-se hoje (domingo), 22 de Março, o Dia Mundial da Água, instituído pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas com esse importante bem natural.

A efeméride visa especialmente chamar a atenção da sociedade para a questão da escassez desse importante bem natural e, consequentemente, buscar soluções para o problema.

A água é o elemento que deu origem e sustenta a vida no planeta Terra. Sem a água, nenhuma espécie vegetal ou animal, incluindo o homem, sobreviveria. Cerca de 70 porcento da alimentação e do corpo humano são constituídos por água.

Em 22 de Março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”.

Presenciaram o encontro, deputadas à Assembleia Nacional, membros do Governo, autoridades tradicionais e entidades religiosas, oficiais da Polícia Nacional e das Forças Armadas Angolanas (FAA), e convidados. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA