Benguela: Escuteiros participam na montagem de tendas para famílias sinistradas

Escuteiros participam na montagem de tendas para famílias sinistradas (Foto cedida a ANGOP)
Escuteiros participam na montagem de tendas para famílias sinistradas (Foto cedida a ANGOP)
Escuteiros participam na montagem de tendas para famílias sinistradas (Foto cedida a ANGOP)

Trezentos e 50 escuteiros da região de Benguela foram mobilizados para durante três dias trabalharem na montagem de tendas e latrinas no acampamento que vai acolher famílias sinistradas nos municípios de Lobito e Catumbela, a partir deste terça-feira.

A Angop apurou no local que desde domingo, altura que começou a trabalho, foram já montadas 57 tendas do tipo T-12, bem como latrinas e sistema de iluminação.

Para hoje, segunda-feira, os escuteiros vão montar as restante 10 tendas no município do Lobito e 20 outras na Catumbela, visando albergar cada tenda 12 pessoas desalojadas pela chuva que se abateu sobre as duas regiões no dia 11 de Março.

Em declarações hoje à Angop, o chefe da junta regional dos escuteiros em Benguela, Francisco José Tiago, informou que face a situação que abalou o país, houve a necessidade de se mobilizar todos os núcleos da região, no sentido de prestar esta solidariedade a estas vítimas que para além de serem compatriotas são irmãos.

O dirigente escuteiro referiu ainda que, a junta regional para além da montagem do acampamento estão engajados também na recolha de donativos para ajudar as famílias sinistradas dos municípios do Lobito e Catumbela.

Domingo, o governador da província, Isaac dos Anjos, que efectuou uma visita de constatação aos locais onde estão a ser montadas as tendas, pediu aos escuteiros mais mobilidade na montagem do acampamento para que as famílias sejam acudidas com urgência. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA