Arábia Saudita alerta para concessões nucleares ao Irão

Os chefes diplomáticos de Estados Unidos e Arábia Saudita participam de uma entrevista colectiva em Riad (Foto de Evan Vucci/Pool/AFP)
Os chefes diplomáticos de Estados Unidos e Arábia Saudita participam de uma entrevista colectiva em Riad (Foto de Evan Vucci/Pool/AFP)
Os chefes diplomáticos de Estados Unidos e Arábia Saudita participam de uma entrevista colectiva em Riad (Foto de Evan Vucci/Pool/AFP)

O ministro saudita das Relações Exteriores, Saud al-Faysal, advertiu nesta segunda-feira que não se deve dar ao Irão “acordos que não merece” nas negociações com as grandes potências sobre seu controverso programa nuclear.

“Não é possível dar ao Irão acordos que não merece”, disse o príncipe Saud em uma colectiva de imprensa depois de se reunir com seu colega britânico Philip Hammond, que visita o Reino.

A Arábia Saudita, sunita e muito receosa do Irão xiita, seu rival regional, confirma, assim, suas grandes reservas diante da aproximação da data limite de 31 de Março para que um acordo entre Teerão e o grupo 5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, França, Grã-Bretanha e Alemanha) seja alcançado.

O ministro exigiu “garantias de que este programa não se transformará em arma nuclear, ameaçando, assim, a segurança regional e o mundo”.

Além disso, acrescentou que “o Irão prossegue na região com políticas agressivas, interfere continuamente nos assuntos dos países árabes e busca provocar conflitos confessionais” no Oriente Médio. (afp.com)

 

DEIXE UMA RESPOSTA