Ameaça de bomba faz voo de Istambul e São Paulo pousar no Marrocos

Voo da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, desviou sua rota para Casablanca. (Reuters/Osman Orsal)
Voo da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, desviou sua rota para Casablanca. (Reuters/Osman Orsal)
Voo da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, desviou sua rota para Casablanca.
(Reuters/Osman Orsal)

O voo TK15 da Turkish Airlines que partiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, Brasil, fez um pouso forçado em Casablanca, no Marrocos, após emitir um alerta de emergência por causa de um alerta de bomba. O Boeing 777 da empresa turca, que levava 256 pessoas, aterraram sem problemas no começo da tarde desta segunda-feira (30).

Segundo informações da empresa aérea, o pedido de emergência foi accionado após um bilhete com a palavra “bomba” ter sido encontrado em um dos banheiros da aeronave. O avião, que partiu de manhã em Istambul, tinha chegada prevista a São Paulo às 16h10 (hora local). O trajecto teria duração aproximada de 12 horas.

Ainda de acordo com a empresa, o desvio da rota é um procedimento normal em casos de alerta de bomba. Em Casablanca, os passageiros deixaram a aeronave enquanto uma equipe se concentrou na busca por explosivos.

Ontem, a Turkish Airlines já havia enfrentando uma situação semelhante. Um voo que saiu de Istambul para Tóquio teve que voltar para o aeroporto na Turquia. No banheiro da aeronave, uma mensagem também dava a entender que havia uma bomba a bordo.

Contactada pela RFI, a empresa não pôde ainda informar quando os passageiros poderão embarcar novamente para São Paulo. (rfi.fr)

DEIXE UMA RESPOSTA