Aguinaldo Jaime defende seguros para as mercadorias

Aguinaldo Jaime, presidente do IRSEG. (Foto: Angop)
Aguinaldo Jaime,  presidente do IRSEG. (Foto: Angop)
Aguinaldo Jaime, presidente do IRSEG.
(Foto: Angop)

A recuperação do dinheiro investido pelos importadores na tentativa de meter mercadorias no país está dependente dos produtos estarem sob seguro, afirmou nesta segunda-feira o presidente da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros, Aguinaldo Jaime.

Ao falar à imprensa no seminário sobre o Frete Marítimo e o Seguro de Importação de Mercadorias, Aguinaldo Jaime disse ser necessário que os importadores façam um seguro para as mercadorias no país, a fim de ajudar directamente no seu crescimento económico.

Para Aguinaldo Jaime não é por falta de experiência que os importadores não fazem o seguro em Angola, mais falta conhecimento. “Muitos não sabem que as seguradoras realizam essa actividade”.

A introdução de contentores, prosseguiu, de carga permite melhorar as condições do transporte marítimo.

A maioria dos países necessita de transportar por via marítima os seus produtos, por isso, é necessário saber que estamos assegurados quando fazemos qualquer transporte sem se preocupar com as perdas e ganhos das mesmas.

Aguinaldo Jaime informou que para melhor precisão deve-se garantir a segurança das pessoas e bens que as embarcações transportam. (Angop/Expansão)

DEIXE UMA RESPOSTA