A Comunidade internacional e a Guiné-Bissau avaliam o sector da defesa

Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau (Liliana Henriques / RFI)
Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau (Liliana Henriques / RFI)
Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau
(Liliana Henriques / RFI)

Teve lugar esta manhã um seminário com objectivo de analisar os resultados obtidos, na última semana, no decorrer da missão de avaliação conjunta da CEDEAO, Comunidade de Países de Língua Portuguesa, União Europeia, Nações Unidas e Rede africana do sector de segurança coordenada pela União Africana.

No encontro foi discutida a questão de ajuda multilateral e bilateral e governação do sector da defesa e segurança, o representante da União Africana em Bissau, Ovídeo Pequeno, tendo destacado por outro lado a urgência de ter em consideração as questões de género, a necessidade de adaptar os regulamentos à nova realidade do país e a importância da formação.

Amanhã prossegue a avaliação das necessidades do sector da defesa e segurança da Guiné-Bissau, a ministra da defesa Cadi Seidi e as chefias militares devendo discutir os estatutos das instituições de defesa do país. (rfi.fr)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA