Ler Agora:
Sousa Tavares Sócrates: “A vontade dos media é puro ato político”
Artigo completo 1 minutos de leitura

Sousa Tavares Sócrates: “A vontade dos media é puro ato político”

(DR)

(DR)

Sousa Tavares Sócrates: “A vontade dos media é puro ato político”

Para Miguel Sousa Tavares a violação do segredo de justiça em relação à prisão de José Sócrates só “envergonha o jornalismo português”.

O comentador refere que o ex-primeiro-ministro “já foi julgado” ainda antes de ir tribunal por causa da violação do segredo de justiça e que essa situação é “vergonhosa”.

A culpa, diz, é tanto “da parte dos jornais como dos que fornecem informações” e tem apenas um intuito. “A vontade dos órgãos é um puro ato político, o que envergonha o jornalismo português”, refere.

Como consequência disso “a informação está contaminada e ninguém sabe o que é verdade ou não”.

Relativamente à existência ou não de novos factos a apreciar na investigação, Miguel Sousa Tavares refere que não sabe se estes existem ou não, até porque as informações divulgadas nos órgãos de comunicação de social não são confiáveis, mas espera que sim.

“Havia a convicção de que Sócrates foi preso para investigar e se essa investigação não tem factos novos Sócrates está, então, numa prisão impreventiva”, defendeu. (noticiasaominuto.com)

por Andrea Pinto

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.