Ler Agora:
SCML: Auditoria a Santana na Santa Casa gera recuo nas eleições
Artigo completo 2 minutos de leitura

SCML: Auditoria a Santana na Santa Casa gera recuo nas eleições

(DR)

(DR)

A gestão de dinheiros da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa voltar a colocar Pedro Santana Lopes sob investigação. Apesar de se tratar de um ato de gestão corrente, o social democrata decidiu adiar a sua candidatura a Belém.

A Inspeção–Geral do Ministério da Segurança Social mandou fazer uma auditoria à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A decisão não caiu bem junto do seu provedor, Pedro Santana Lopes, que decidiu assim adiar para Outubro a decisão sobre as presidenciais.

A auditoria pretende analisar a aquisição de bens, serviços e empreitadas durante o primeiro mandato de Santana Lopes. O gabinete de Pedro Mota Soares garante que a auditoria se trata de atos de “gestão corrente” e que não tem nenhum significado especial.

Porém, a verdade é que esta demoveu Santana Lopes de assumir a sua candidatura a Belém.

Fontes próximos do antigo primeiro-ministro garantem que a auditoria não foi a razão direta para este recuar nas suas intenções, mas que teve influência.

Facto é que pessoas ligadas a Santana Lopes, segundo o Expresso, não terão hesitado em fazer julgamentos e em apontar o dedo aos responsáveis pela auditoria. Uns acreditam que poderá ter sido o CDS a solicitar a mesma para assim afastar Santana da corrida. Outros falam nos socialistas do Ministério da Segurança Social que querem dificultar-lhe a vida. (noticiasaominuto.com)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »