Ler Agora:
Plano Director contribui para desenvolvimento urbano de Luanda
Artigo completo 2 minutos de leitura

Plano Director contribui para desenvolvimento urbano de Luanda

Arquitecto António Gameiro (Foto: Lucas Neto)

Arquitecto António Gameiro (Foto: Lucas Neto)

O arquitecto António Gameiro considerou hoje (terça-feira) pertinente a elaboração e implementação de um plano director de urbanismo para a cidade de Luanda, dada a sua expansão com novas centralidades.

Falando à Angop à margem do primeiro ciclo de conferência internacional sobre “O Papel do Urbanismo nas Cidades Futuro”, António Gameiro disse que a capital do país tem as suas particularidades, um terço da população do país vive nela e um plano director ajudaria na sua
urbanização.

O arquitecto indicou que a requalificação dos bairros deve continuar, com vista contribuir na melhoria da vida e de habitabilidade da população.

Quanto a perspectivas do urbanismo do país, António Gameiro disse estar a ser consolidado e a ser feito em função daquilo que são as valências do próprio território nacional.

“O processo de transformação de qualquer país tem início com o fortalecimento das cidades e é neste contexto que ganha importância o plano director, como instrumento que norteia a política
do desenvolvimento na esfera local”, sustentou.

“Todos aqueles que influenciam a realidade local devem contribuir para o seu desenvolvimento”, acrescentou.

Para ele, o plano director precisa ser construído através de um processo que promova um pacto em torno de propostas que representemos os anseios da sociedade.

Sob lema “Desenvolvendo as Cidades do Amanhã”, a conferencia é uma iniciativa da Construtora portuguesa Teixeira Duarte, com o apoio da Ordem dos Arquitecto de Angola, do Conselho de Arquitectos São Paulo (Brasil), da Associação de Arquitecto de Moçambique, da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto e da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Participaram no evento, que decorreu no Centro de Convenções Talatona (CCTA), entidades ligadas ao Ministério de Urbanismo e Habitação, empresas construtores e estudantes da areia. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »