Ler Agora:
Instituto Angolano da Juventude vai acelerar a resolução dos problemas dos jovens
Artigo completo 2 minutos de leitura

Instituto Angolano da Juventude vai acelerar a resolução dos problemas dos jovens

cláudio aguiar, director-geral do IAJ (Foto: Arquivo/Lino Guimarães)

cláudio aguiar, director-geral do IAJ (Foto: Arquivo/Lino Guimarães)

A criação do Instituto Angolano da Juventude (IAJ) pelo Executivo Angolano tem, entre outras atribuições, operacionalizar os programas virados a juventude, para serem resolvidos com maior celeridade, afirmou hoje, quinta-feira, o seu director-geral, Cláudio Aguiar.

Ao dissertar o tema “Estratégia de Implementação do Plano Nacional de Desenvolvimento 2014-2017, no domínio da Juventude e Desportos”, na 13ª edição do CANFEU que decorre no Luena, esclareceu que a instituição é autónoma e visa dinamizar a resolução dos problemas que afectam a juventude.

Revelou que o grande desafio do IAJ passa em cumprir até 80 porcento das acções constantes no Plano Nacional da Juventude até 2017 (PNJ), cuja implementação decorre de forma positiva.

Explicou que a elaboração do Programa Nacional da Juventude foi antecedida de uma ampla consulta nacional que envolveu quase um milhão de jovens, tendo transformado as preocupações apresentadas em acções para serem resolvidas.

A sua implementação, disse, é transversal, envolvendo todos departamentos ministeriais. No caso do Ministério do Ensino Superior, aumentou o número de bolsas de estudos internas e externas, uma das acções constantes do PNJ.

O responsável explicou que os governos provinciais foram orientados para atribuírem, nos projectos habitacionais em construções, 30 porcento de quota para a juventude, mesma quota para distribuição dos terrenos, no âmbito do programa da auto-construção dirigida.

Cláudio Aguiar reforçou que o Ministério da Juventude e Desportos, na área da juventude, lançou este ano, em Malanje, o programa “Conjovem”, um centro de incubadora de negócios para jovens, estimulando as iniciativas e financiamentos ao empreendedorismo, que, a breve trecho terá abrangência nacional.

Assegurou que não obstante os constrangimentos provocados pela queda do preço de petróleo, o Executivo continuará a implementar as acções contidas no Plano Nacional da Juventude. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »