Ler Agora:
Cuanza Norte: Politraumatismo lidera internamentos no Hospital Provincial
Artigo completo 2 minutos de leitura

Cuanza Norte: Politraumatismo lidera internamentos no Hospital Provincial

Cuanza Norte: Hospital provincial (Foto: Lucas Leitão)

Cuanza Norte: Hospital provincial (Foto: Lucas Leitão)

O director clínico do Hospital Provincial do Cuanza Norte, em Ndalatando, Mbiavanga Eduardo Alves, manifestou-se preocupado com o aumento de casos de politraumatismos decorrentes de acidentes com motociclos e de agressões físicas, assinalando serem estes as principais causas de internamentos a nível da instituição.

Em declarações à Angop terça-feira, o médico apontou o registo, durante as últimas 72 horas, de oito casos de politraumatismos resultantes de acidentes com motociclos e de agressões físicas com objectos contundentes.

Apontou os desentendimentos em convívios e em festas familiares, assim como o desconhecimento das normas de trânsito, associado à condução sob efeito do álcool, como os principais factores que potenciam tal realidade.

Mbiavanga Eduardo defendeu a necessidade dos moto-taxistas terem obrigatoriamente de ser submetidos à aulas de condução.

Os politraumatismos acima mencionados fazem parte de um total de 187 pacientes assistidos no banco de urgência do hospital durante o fim-de-semana, dos quais 23 ficaram internados.

Paludismo, doenças respiratórias agudas e hipertensão arterial foram, entre outras, as patologias diagnosticadas entre os casos recebidos no hospital de Ndalatando, no período em análise, em que a unidade sanitária registou a morte de dois pacientes.

O hospital provincial do Cuanza Norte que desde 2013 recebe obras de ampliação e modernização conta com uma capacidade de 120 camas. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »