Cabo Verde: União Europeia vai manter a ajuda financeira a Cabo Verde nos cinquenta e cinco milhoes de euros

(rtc.cv)
(rtc.cv)
(rtc.cv)

A revelação foi efectuada pelo presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, depois de receber, em Bruxelas, em visita oficial, o Presidente da república, Jorge Carlos Fonseca.

A garantia do presidente da Comissao Europeia vem tranquilizar a naçao cabo-verdiana que temia que o décimo primeiro fundo europeu de desenvolvimento pudesse ser reduzido para metade.

As especulações a volta do hipotetico corte no fundo europeu de desenvolvimento tinham que ver com duas ordens de razões, 1 a crise financeira europeia, 2 a graduação de Cabo Verde como país de rendimento medio. Porque a Europa está a recuperar financeiramente ficava por resolver a questão da graduação. É aqui que a UE surpreende ao entender que deve continuar a ajudar Cabo Verde porque tem sabido aplicar as ajudas e porque é um país modelo na sua região. Mais, Durao Barroso, respondendo a uma pergunta admite que os 55 milhões poderão ser apenas um montante indicativo.

A estabilidade socio-politico e o crescimento económico de Cabo Verde é vista na União Europeia como um caso de sucesso e por ser um modelo de democracia e cooperar com a Europa, nomeadamente, no combate ao narcotráfico e tráfico humano na nossa região, a União Europeia vai continuar a apoiar financeiramente o nosso país. O próximo fundo europeu de desenvolvimento já está garantido e será de 55 milhões de euros. (rtc.cv)

DEIXE UMA RESPOSTA