Sócrates revelou que convidou Passos Coelho para integrar Governo e evitar crise política

(DR)
(DR)
(DR)

Lisboa – O ex-Primeiro-ministro, José Sócrates, revelou em entrevista à TSF, que em 2011 convidou Passos Coelho para integrar o Governo e evitar uma crise política.

José Sócrates revelou em entrevista à TSF, que em 2011 convidou Pedro Passos Coelho para uma coligação mais do que uma vez, para que o país evitasse uma crise política, já que o PS não tinha maioria parlamentar, e que o actual primeiro-ministro sempre recusou.

«Falei duas ou três vezes com o então líder da oposição [Passos Coelho] nessa possibilidade. Isso foi recusado porque o líder da oposição queria ser primeiro-ministro», revelou Sócrates

José Sócrates considerou também que o PS não deve aceitar qualquer acordo de revisão da Constituição. «Espero uma oposição frontal, porque todos aqueles que acham que se deve transformar a Constituição num centro de disputa política, estão a cometer um erro», disse.

Recorde-se que quando José Sócrates foi eleito primeiro-ministro sem maioria absoluta, tentou obter um consenso, ouvindo todos os partidos com assento parlamentar, sem que nenhum partido tenha aceitado qualquer acordo e o PS teve de governar sozinho, sucumbindo ao chumbo do PEC 4, rejeitado por todos os partidos da oposição. (jornaldigital.com)

DEIXE UMA RESPOSTA