População deve preservar as instalações do SIAC

Uma das instalações do SIAC (wikimapia.org)
Uma das instalações do SIAC (wikimapia.org)
Uma das instalações do SIAC (wikimapia.org)

O ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, António Pitra Neto, apelou quinta-feira, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, a população daquela localidade a preservar as instalações dos Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC), por se tratar de um bem para todos habitantes.

O Ministro fez este pronunciamento durante o acto de inauguração dos Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC), na Lunda Sul.

De acordo com o governante, só com a colaboração de todos os utentes se poderá conservar as estruturas do SIAC para que o mesmo tenha bom tempo de duração.

Acrescentou, por outro lado, que a inauguração do empreendimento se enquadra no cumprimento da orientação do Executivo, que visa a entrega formal destes serviços sociais em benefício dos cidadãos da província da Lunda Sul.

O estabelecimento permitirá aos cidadãos, entre outros documentos, tratar cédula pessoal, bilhete de identidade, verbete, autenticar documentos e reconhecer assinaturas num único espaço.

Estão instalados na infra-estrutura, agências bancárias do BPC, Sol, BAI e BAI Micro Finanças, da segurança social, identificação civil, conservatória do registo predial, Taag, Impressa Nacional, Seguros de Angola e de Viação e Trânsito.

Por sua vez, a governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Maria Guilherme Narciso, precisou que a Administração Pública constitui um sector importante do aparelho do Estado, razão pela qual torna-se imperativo torná-la eficiente.

Indicou que o SIAC é parte de um conjunto de outras unidades já instaladas no país, pelo MAPTSS , como o centro integrado de emprego e formação profissional, os pavilhões de arte e ofícios e as unidades móveis de formação profissional, que contribuem para a formação técnica e profissional.

Exortou aos funcionários da unidade a prestarem um serviço de qualidade, visando cumprirem escrupulosamente as normas e procedimentos que regem o funcionamento do SIAC. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA