Nuno Amado: “Não me parece que estejamos a tratar bem as relações com Angola”

Nuno Amado, presidente do BCP (DR)
Nuno Amado, presidente do BCP (DR)
Nuno Amado, presidente do BCP (DR)

Banqueiro diz que os portugueses “falam demais” das relações com Angola.

Nuno Amado, presidente do BCP, disse esta terça-feira que os portugueses não estão a tratar da melhor forma as relações com Angola.

“Espero que a situação se estabilize num nível muito melhor do que o actual. Falamos de mais das relações com Angola. Não me parece que estejamos a tratar bem as relações com Angola”, disse o banqueiro na conferência da Antena 1/Económico sobre o Orçamento do Estado.

Quanto ao BCP, garantiu Amado, “somos um banco português com um accionista angolano e estamos muito confortáveis com a situação”.

O presidente do banco garante que não teve, até agora, nenhum reflexo directo da deterioração das relações com Angola, além de receios acrescidos por parte de alguns clientes.

“Até agora não tive nenhum reflexo directo, apenas alguns clientes com relações com Angola com receios acrescidos. O medo é inimigo do investimento”, explicou Nuno Amado. “Espero que este processo seja curto, que seja um passo atrás para depois darmos dois passos em frente”. (jornaldenegocios.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA