Nobel da Paz San Suu Kyi visitou o Papa no Vaticano

(Foto: AP)
(Foto: AP)
(Foto: AP)

O Papa Francisco e Aung San Suu Kyi, Prémio Nobel da Paz, reuniram-se numa audiência privada no Vaticano. O encontro durou cerca de 20 minutos – tempo para falarem sobre os esforços para a construção um mundo mais justo.

Segundo San Suu Kyi, o Sumo Pontífice da Igreja Católica afirmou que o ódio e o medo diminuem a vida e o valor das pessoas e que era preciso construir a vida sobre sentimentos mais positivos, como o amor e a compreensão.

No encontro na biblioteca do palácio pontifical, o Papa terá ainda elogiado o trabalho San Suu Kyi em favor da paz e da democracia. San Suu kyi passou mais de duas décadas em prisão domiciliária por se opor à junta militar birmanesa. Foi eleita deputada o ano passado depois da abertura política em Myanmar, um país onde os católicos representam apenas cerca de um por cento da população. (rtp.pt)

DEIXE UMA RESPOSTA