MPLA participa na VI Reunião de partidos lideres do Movimentos de Libertação

Dino Matrosse, SG do MPLA (ANGOP)
Dino Matrosse, SG do MPLA (ANGOP)
Dino Matrosse, SG do MPLA (ANGOP)

O secretário-geral do MPLA, Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”, está desde quarta-feira, em Dar-Es-Salam, Tanzânia, onde participou de 7 e 10 do corrente mês na VI Reunião de alguns partidos que, a nível da SADC, lideraram os movimentos de libertação nacional, durante a luta anti-colonial.

Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”  disse tratar-se de uma reunião de rotina, onde responsáveis dos partidos que lideraram as lutas de libertação nacional em Angola (MPLA), África do Sul (ANC), Namíbia (SWAPO), Moçambique (FRELIMO), Tanzânia  Chama Cha Mapinduzi (CMM) e do Zimbabwe (ZANU-PF) abordam a vida interna dos seus partidos.

O encontro que foi antecedido de outros, das organizações femininas e juvenis destes partidos e que serviu também para análises da situação política e económica dos partidos políticos, enquanto organizações que lideram os governos nestes países, examinou o grau de cumprimento das decisões saídas durante o quinto encontro.

Um dos pontos de debates durante a reunião direccionou-se para a implementação da construção de uma escola de formação politico e ideológica, que irá albergar estudantes oriundos de Angola (MPLA), África do Sul (ANC), Namíbia (SWAPO), Moçambique (FRELIMO), Tanzânia  (CCM) e do Zimbabwe (ZANU-PF).

Nesta perspectiva, a comitiva encabeçada pelo secretário-geral, do Chama Cha Mapinduzi (MCC), Abdulrahman  Omari  Kinana, deslocou-se até a cidade de Iringa, onde durante três horas, a delegação pode verificar o local, onde serão erguidas as infra-estruturas da futura escola de formação político e ideológica.

O projecto que será construído, com o apoio financeiro dos seis partidos (MPLA), (ANC), (SWAPO), (FRELIMO), (MCC) e (ZANU-PF), terá o apoio técnico e material do Partido Comunista Chinês (PCC), que para tal, fez deslocar  até a República Unida da Tanzânia uma comitiva.

O desenvolvimento dos países participantes, organização e funcionamento dos partidos, perspectivas e estratégias para os próximos tempos, bem como a situação regional e no mundo constaram da agenda de trabalho do encontro.

Integram a delegação do MPLA,  Luzia Inglês, Luther Rescova, designadamente, secretária-geral da OMA, primeiro -secretário nacional da JMPLA,  Pedro Chaves, director do Departamento de Relações Internacionais (DRI) do Comité Central, Maquento Lopes, chefe de Divisão do DRI/CC e responsáveis do Departamento dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria (DACVP), do DIP do CC e do Comité Nacional da JMPLA. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA