Melhoria das condições sociais dos efectivos nas prioridades do comando das FAA

General Egídio de Sousa Santos "Disciplina" (Foto: Lucas Neto)
General Egídio de Sousa Santos "Disciplina"  (Foto: Lucas Neto)
General Egídio de Sousa Santos “Disciplina” (Foto: Lucas Neto)

O Comando Superior das FAA continua a envidar esforços ímpares para a criação de condições sociais dos militares e seus familiares, garantiu o chefe do Estado Maior General adjunto das Forças Armadas Angolanas para Educação Patriótica, general Egídio de Sousa Santos, em entrevista exclusiva à Angop, por ocasião do 22º aniversário do Exército Nacional, a assinalar-se quarta-feira.

Para o efeito, o oficial-general revelou que o Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA, José Eduardo dos Santos, tem, sabiamente, orientado para que, cada vez mais, se melhore a oferta nos capítulos da habitabilidade, assistência médica-medicamentosa, alimentar e de exigência do respeito da disciplina e do adestramento.

“Temos cumprido com estas orientações, superiormente dimanadas pelo Comandante-em-Chefe, através da cadeia hierárquica própria das Forças Armadas Angolanas e, progressivamente, superando constrangimentos inerentes ao estabelecimento de uma nova ordem castrense”, avançou o interlocutor da Angop.

Actualmente, exemplificou a patente militar, é notória um melhor atavio das tropas, em qualquer parte do território nacional.

O general reafirmou constituírem principais preocupações da direcção das FAA a defesa da soberania nacional, a mobilização, organização e criação de condições sociais para os militares, a garantia de preparação e formação dos efectivos, o aumento da prontidão combativa e o reequipamento das unidades, isto do ponto de vista técnico e humano, no quadro do processo de reedificação em curso.

“O processo visa habilitar as tropas a pré-disposição para cumprimento das missões, tanto internas, quanto em resposta a eventual chamamento para obrigações no estrangeiro. A atenção da nossa direcção está direccionada a disponibilização de ferramentas para garantir a defesa do território nacional”, ressaltou Egídio de Sousa Santos.

Finalmente, encorajou os militares, como servidores especiais da Pátria, a estarem prontos para cumprimento cabal das missões incumbidas pelo Comando Superior, em especial o Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA, José Eduardo dos Santos.

“Tenhamos uma festa feliz em torno do aniversário, e que todo efectivo mantenha a vigilância, disciplina, patriotismo, espírito de corpo e de coesão. Desejo paz e sucesso para todos os angolanos em geral e muito em especial a todos os combatentes das Forças Armadas Angolanas”, concluiu.  (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA